Categorias
Pedir emprego para rede de contatos

Pedir Emprego [2021]: 10 Gafes Que Podem Destruir a Sua Reputação

Neste artigo vamos revelar:

  • 5 (cinco) técnicas para você ser aprovado em qualquer entrevista de emprego;
  • 10 (dez) atitudes que podem te eliminar na entrevista de emprego.

5 (cinco) técnicas para você ser aprovado em qualquer entrevista de emprego

Quais são as principais perguntas e respostas em uma entrevista de emprego?

Não sabe? Fique tranquilo(a), a Adriana Cubas vai te salvar!

No vídeo acima, ela revela várias técnicas para você passar na tão sonhada entrevista para um novo emprego:

  • Como se preparar para a entrevista;
  • Como contar a sua trajetória profissional;
  • Como pesquisar as informações sobre a empresa que realmente interessam para o entrevistador;
  • Como demonstrar que seus conhecimento e habilidades estão atualizados;
  • E muito mais!

Dá o play que você não vai se arrepender!

10 (dez) atitudes que podem te eliminar na entrevista de emprego

1) Falar mal do antigo empregador

A primeira dica, por mais óbvia que pareça, não podemos deixar de comentar:

Não fale mal do antigo empregador ou de qualquer empresa na qual você tenha trabalhado antes.

Apesar de ser óbvio, esse deslize é muito recorrente. 

E quando falamos em “antigo empregador”, entenda como sendo:

  • a empresa;
  • os chefes;
  • os colegas de trabalho.

Trazer situações negativas é sempre ruim, independente do que você esteja falando. Evite isso na hora que estiver negociando um emprego novo, esse erro é eliminatório na maioria das vezes.

É preciso ter ética profissional. Discrição e confidencialidade é o que toda a empresa espera de um funcionário. Não gaste seu tempo durante uma entrevista tentando explicar o que aconteceu de errado no seu antigo emprego

Aproveite o seu tempo para trazer à tona situações positivas e não situações negativas. 

2) Negatividade

A dica de número dois tem relação com a primeira dica.

Evite, ao máximo, trazer situações negativas, mesmo que a entrevista de emprego te force a falar sobre uma situação negativa (muitas vezes o entrevistador pode estar tentando verificar se você é uma pessoa negativa).

Busque sempre abordar a situação da maneira mais positiva possível. 

E lembre-se: existem diversas maneiras de responder a uma mesma pergunta.

Imagine você que acabou de conhecer uma pessoa e ela começa a trazer uma série de situações negativas. Qual é a percepção que você tem a respeito dessa pessoa? 

Né?

3) Vida pessoal

A terceira dica é:

Evitar expor demais a sua vida pessoal.

Trazer problemas familiares, de doença e financeiros durante uma entrevista de emprego é uma péssima ideia.

Você não deve descarregar seus problemas pessoais com o recrutador. Em vez disso, valorize-se!

Valorize a sua experiência e seu histórico profissional. Afinal, você terá pouco tempo para mostrar que é a pessoa ideal para o cargo.

Então, não desperdice nenhum segundo deste valioso tempo, certo?

4) Prepare-se

A quarta gafe que pode destruir sua reputação na hora de pedir um emprego é:

Não estar preparado para a entrevista.

Isso envolve não conhecer a empresa e não conhecer seu próprio currículo.  Se

  • Se você vai para uma entrevista de emprego e não conhece a empresa, isso demonstra que a vaga não é importante para você.
  • Se você vai para uma entrevista de emprego e não conhece seu próprio currículo, isso demonstra que você não tem nenhum interesse na sua jornada profissional. Então: por que o recrutador deveria acreditar que você tem interesse no seu futuro profissional?

Se o entrevistador(a) perceber qualquer das duas situações acima, você está fora. 

5) Informações imprecisas

Cuidado para não ficar chutando informações que estão no seu currículo.

Se quem está te entrevistando sentir que sabe mais sobre a sua carreira que você, a coisa não vai ser boa!

Não ter certeza de datas, de cargos, o que você fez ou o que você deixou de fazer causa uma péssima impressão.

Além de conhecer o seu currículo e conhecer a empresa, é importante que você não se engane com informações imprecisas (principalmente as que estão escritas no seu currículo).

6) Resposta errada

A próxima gafe que deve ser evitada é:

Tentar responder uma pergunta sobre um assunto que você não domina.

Se você não souber alguma coisa, é melhor ser sincero e dizer:

“Eu não sei. Eu posso me informar sobre isso e te dar uma resposta depois”.

Ou simplesmente falar:

“Desculpa, eu não conheço esse assunto, não sei responder a essa questão”. 

Ser honesto e usar essas duas respostas é melhor do que ficar tentando impressionar o entrevistador sobre um assunto que você claramente não conhece. Lembre-se: quem está de entrevistando é treinado para perceber isso.

7) Vangloriar-se

O trabalho em equipe é um ponto muito valorizado pelas as empresas.

Por isso, perdem muitos pontos as pessoas que ficam na entrevista focadas em si mesmas:

Ficam dizendo “eu fiz isso”, “eu fiz aquilo” e esquecem do NÓS.

É claro que você realizou uma série de conquistas em sua carreira e, sim, você tem todo o direito de celebrar isso.

Mas cuidado para não ficar girando muito tempo em torno de si e passar a impressão de que você é uma pessoa que não sabe trabalhar em equipe (e não sabe valorizar o trabalho dos colegas). 

8) Sem noção da pretensão salarial

O outro erro que elimina uma série de candidatos é:

Não ter nenhuma noção salarial sobre o cargo.

Quando você for questionado sobre a pretensão salarial, cuidado para não responder um valor totalmente irreal. 

Isso pode demonstrar que você não está sequer atualizado sobre a SUA ÁREA de atuação.

9) Monossilábico

Esse é um problemas muito comum nas entrevistas de emprego.

Não responda perguntas na entrevista com “Sim” ou “Não”. Muito menos com “Ahãm”, “É”, “Foi” e “Tá”. 

A intenção do recrutador é te escutar. Então, evite respostas desse tipo e tente desenvolver um raciocínio em cima de cada pergunta.

A pessoa que está te entrevistando deseja conhecer a sua habilidade retórica, a sua habilidade de se comunicar com os outros.

Uma pessoa que não sabe se comunicar (oralmente ou textualmente) tem um potencial gigante de prejudicar a produtividade da equipe e da empresa.

Então, não veja essa pessoa, combinado?

10) Prolixo

Uma pessoa prolixa é uma pessoa que:

Começa a falar, dá mil voltas e não chega a lugar nenhum.

Esse também é um problema corriqueiro nos processos seletivos e você deve evitá-lo.

Para isso, lembre do método SAR, que é:

Situação > Ação > Resultado
  • Situação: explique o contexto;
  • Ação: compartilhe as ações foram tomadas e os motivos;
  • Resultado: fale sobre os resultados conquistados.

É uma forma excelente de estruturar uma resposta.

E aí, está mais tranquilo(a) para a entrevista? Agora é hora de praticar.

Sucesso!