Categorias
Processo seletivo

Jovem Aprendiz [2021]: O Que Fazer Para Ser Escolhido

O Programa Jovem Aprendiz é um projeto do governo federal criado a partir da Lei da Aprendizagem (Lei 10.097/00) com o objetivo de que as empresas desenvolvam programas de aprendizagem que visam a capacitação profissional de adolescentes e jovens em todo o país.

Neste artigo descubra o que é preciso para ser um jovem aprendiz e saiba como se cadastrar no programa.

O que é e como funciona o Programa Jovem Aprendiz?

A Lei do Aprendiz, também conhecida como Menor Aprendiz, Aprendiz Legal ou Jovem Aprendiz, é uma lei do Brasil aprovada em 2000 e regulamentada em 2005. Ela determina que toda empresa de grande ou médio porte deve ter de 5% a 15% de aprendizes entre seus funcionários.

O processo seletivo para menor aprendiz não é um bicho de sete cabeças. É o seu primeiro emprego e o entrevistador não vai pedir requisitos complexos como graduação e cursos de capacitação. 

Lógico que quanto mais capacitado você for, mais chances você terá. Um curso de informática ou um curso de inglês vão te dar certa vantagem, mas o recrutador não pode te excluir da seleção por você não ter essas capacitações.

O que é preciso para ser um jovem aprendiz?

Para tornar-se um jovem Aprendiz, é necessário que o jovem tenha entre 14 e 24 anos, preferencialmente tenha feito o curso de Formação Profissional para o mundo do trabalho oferecido gratuitamente nas unidades parceiras do Espro, esteja cursando ou já tenha concluído o ensino fundamental ou médio.

Para encontrar vagas do Programa Jovem Aprendiz, você deve procurar oportunidades nos sites de empregos e nos sites de empresas.

Nesses sites, você terá que cadastrar ou enviar um currículo. Confira abaixo 7 passos para fazer um currículo de jovem aprendiz:

  1. Especifique sua escolaridade;
  2. Preste atenção aos erros de português;
  3. Insira cursos complementares;
  4. Coloque as palestras que tenha participado;
  5. Faça cursos online;
  6. Insira atividades complementares;
  7. Corra atrás do tempo perdido.

Seguem algumas empresas que oferecem oportunidades para o Programa Jovem Aprendiz:

  • Jovem Aprendiz Bradesco;
  • Jovem Aprendiz Correios;
  • Jovem Aprendiz Itaú;
  • Adolescente Aprendiz Caixa.

No Banco Bradesco, por exemplo, para participar do programa, você precisa:

  • Querer construir sua carreira com a instituição bancária;
  • Estar cursando e/ou ser formado no ensino médio;
  • Ter entre 16 e 23 anos;
  • Ser, preferencialmente, aluno ou aluna da rede pública.

Quanto ganha (R$) um jovem aprendiz?

No cargo de Jovem Aprendiz se inicia ganhando R$ 653,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 1.581,00. A média salarial para Jovem Aprendiz no Brasil é de R$ 1.189,00.

Qual é a carga horária de trabalho de um jovem aprendiz?

A jornada de trabalho do aprendiz é de no máximo 6 (seis) horas diárias (art. 432 da CLT), ficando vedado a prorrogação e a compensação de jornada, podendo chegar ao limite de 8 (oito) horas diárias, desde que o aprendiz tenha completado o ensino fundamental e se nelas forem computadas as horas destinadas à aprendizagem teórica.

Qual a duração de um contrato de um jovem aprendiz?

É um contrato de trabalho especial, ajustado por escrito e por prazo determinado, com duração máxima de dois anos, em que o empregador se compromete a assegurar ao adolescente/jovem com idade entre 14 e 24 anos (não se aplica o limite de 24 anos para o jovem com deficiência), inscritos em programa de aprendizagem, formação técnico-profissional metódica, compatível com o seu desenvolvimento físico, moral e

psicológico, e o aprendiz a executar, com zelo e diligência, as tarefas necessárias a esta formação (art. 428 da CLT).

O contrato deverá conter, expressamente, o curso, a jornada diária e semanal, e a definição da quantidade de horas teóricas e práticas, da remuneração mensal, do termo inicial e final do contrato. 

Como se cadastrar no Programa Jovem Aprendiz?

Os candidatos às vagas de Jovem Aprendiz devem estar cursando ou já terem concluído o ensino médio. Para participar é muito simples, basta acessar o site da ISBET e cadastrar seu currículo para realizar a inscrição.

Vale a pena participar do Programa Jovem Aprendiz e o Brasil foi classificado pelo estudo Tendências Globais de Emprego para a Juventude 2017 como um dos países com a maior taxa de desocupação do mundo entre pessoas de 15 a 24 anos. 

O Programa Jovem Aprendiz é uma oportunidade incrível de inserção no mercado de trabalho. Então fique atento às vagas disponíveis e participe das seleções.

Categorias
Processo seletivo

Processo Seletivo [2021]: 5 Mandamentos Para Ser Escolhido

O processo seletivo tem como finalidade a identificação dos indivíduos, cujas características indicam se eles têm as qualidades e habilidades exigidas para tornarem-se bons colaboradores da empresa.

Neste artigo entenda como o processo seletivo auxilia a empresa na contratação das pessoas mais adequadas ao estilo da organização.

5 mandamentos para ser escolhido no processo seletivo

Fique atento aos detalhes a seguir que podem deixar uma impressão boa ou ruim sobre você em um processo seletivo:

  1. Planeje-se para chegar no horário marcado.
  2. Cumprimente o entrevistador com um aperto de mão firme.
  3. Mantenha contato visual com o entrevistador.
  4. Não exagere no perfume.
  5. Informe-se sobre o traje usual da empresa.

Além dessas dicas, evite os 5 erros abaixo que eliminam suas chances em um processo seletivo.

  1. Fazer spam com seu currículo
  2. Cobrança desnecessária 
  3. Não se preparar para uma entrevista 
  4. Criticar a empresa
  5. Forçar uma amizade com o recrutador

Fazer spam com seu currículo

O primeiro grande erro é a falta de foco na hora de encaminharmos o nosso currículo. 

Enviar o seu currículo para toda a empresa não vai aumentar a sua chance de conseguir uma entrevista.

Isso só significa que você está fazendo um spam do seu currículo. O que é que você faz quando você recebe spam no seu e-mail? Você deleta ou bloqueia, não é?

Então, não faça isso, pois assim você só vai sabotar sua oportunidade.

Você quer trabalhar em uma determinada empresa? Então, pesquise como que você vai alcançar a vaga. O primeiro passo é enviando seu currículo para o RH, se cadastrando no site ou LinkedIn da empresa.

Saiba os caminhos certos para você chegar na empresa sem passar uma impressão negativa. 

Cobrança desnecessária 

O segundo maior erro é você bombardear o e-mail dos seus amigos cobrando por uma vaga de emprego na empresa onde eles trabalham. 

Não envie um e-mail com seu currículo para toda sua lista de contatos de uma vez só. Se você quer mandar e-mail para os seus amigos para pedir ajuda, envie e-mails personalizados.

Vai dar mais trabalho? Vai dar mais trabalho, porém vai ser mais profissional e vai passar mais credibilidade.

Não se preparar para a entrevista 

O terceiro maior erro é não se preparar para a entrevista de emprego. 

A entrevista de emprego é o momento para você contar sua história, para vender o seu peixe para o recrutador. Para isso, durante a entrevista, Durante a entrevista:

  • Fale de si mesmo. Esse é um ponto importante da entrevista. 
  • Fale das suas competências.
  • Fale por que você quer esta vaga.
  • Fale dos seus objetivos e metas para o futuro.
  • Fale dos seus empregos anteriores.
  • Fale honestamente sobre seus defeitos.
  • Não fale demais nem de menos

Criticar a empresa

O quarto maior erro é você apontar erros de estratégia da empresa que você está participando do processo seletivo. 

Se você não concorda com as estratégias ou ações de uma empresa, simplesmente, não se candidate a nenhuma vaga nessa empresa ou guarde as críticas para você.

Um processo seletivo não tem espaço para você apontar erros da empresa. 

Se você assumir uma postura arrogante durante uma entrevista de emprego, as pessoas podem criar uma imagem equivocada de quem você é como pessoa ou profissional.

Forçar uma amizade com o recrutador

E o quinto e último maior erro é você forçar amizade com o recrutador, com a pessoa que está conduzindo o processo seletivo. 

Você faz o processo seletivo e já adiciona o recrutador no Facebook. Você adiciona o celular corporativo da pessoa e envia mensagem no WhatsApp?

Não faça isso, não force uma intimidade. Isso não vai garantir a vaga para você.

Além disso, não fique ligando insistentemente para perguntar sobre o resultado do processo seletivo, pois isso passa uma impressão que você está desesperado, o que não é nada profissional.

O que é um processo seletivo?

O processo seletivo se refere a uma dos mais ricos processos de avaliação de pessoas nas organizações. É por meio dele que, a cada dia, as organizações estão percebendo a importância das pessoas que a compõem. Os colaboradores não são apenas meros funcionários, mas se tornam parceiros da organização. 

Alguns especialistas analisam que uma boa gestão de pessoas é condição necessária para o sucesso da empresa. Um dos pensadores mais ativos nesse segmento, o professor e escritor Chiavenato  diz que lidar com as pessoas deixou de ser um desafio e passou a ser vantagem competitiva para as organizações bem sucedidas.

Além disso, as organizações também privilegiam o lado humano no processo. Não se trata apenas de buscar pessoas que serão enquadradas no quadro profissional da empresa, mas também de encontrar “parceiros”, pessoas que efetivamente irão contribuir com o crescimento e sucesso da organização.

Dessa forma, o recrutamento consiste na procura de candidatos para uma determinada função que ocupará um cargo disponível.

Tanto o recrutamento quanto a seleção faz parte de um processo maior que é o de suprir e prover a organização de talentos e competências necessários à sua continuidade e sucesso em um contexto altamente dinâmico e competitivo.

O processo de recrutamento passa por vários momentos tais como: 

  1. decisão de preenchimento de um cargo e requisição de pessoal;
  2. definição do perfil da função; e
  3. escolha do tipo de recrutamento.

Tipos de Recrutamento:

  • recrutamento interno;
  • recrutamento externo;
  • e recrutamento misto.

Quais são as etapas de um processo seletivo?

 A abertura da vaga se dará após aprovação oficial da organização.

Toda empresa, ao abrir vagas, deve fornecer as seguintes informações: 

  • cargo;
  • remuneração;
  • área destino;
  • atividades, pré-requisitos, como nível de experiência, escolaridade, conhecimentos técnicos e específicos, para cada vaga, entre outros;
  • tipo de contrato de trabalho, se será efetivo, temporário, prestação de serviço, entre outros, e qual é o motivo da contratação. 

É bastante comum às organizações, além de buscar profissionais que possuam experiência necessária à vaga, saber quais são as competências do candidato. 

Ou seja, a organização quer saber se o interessado tem competências organizacionais e individuais, por ser ela a definir as competências necessárias para cada cargo/posição, segundo a área de atuação e as estratégias corporativas.